Prefeitura Municipal de Ubá - MG

Você sabia?
Imprimir Email

Notícias

Prefeito quer criar consórcio para construção do aterro sanitário

por Assessoria de Comunicação da PMU

20/04/2017 16:48

apresentação consorcio aterro sanitário

Prefeito Edson apresentou na reunião um estudo de Concepção de Criação do Consórcio para Construção do Aterro Sanitário.

apresentação consorcio aterro sanitário

Apresentação aconteceu durante assembleia do Consórcio Intermunicipal de Saúde de Ubá e Região (SIMSAUDE), realizada no dia 10 de abril.

O Prefeito de Ubá, Edson Teixeira Filho, apresentou, para prefeitos da região, um “Estudo de Concepção de Criação do Consórcio para Construção do Aterro Sanitário” durante assembleia do Consórcio Intermunicipal de Saúde de Ubá e Região (SIMSAUDE), realizada no dia 10 de abril.

A implementação de um aterro sanitário próprio é uma das metas do Plano de Governo da atual gestão. A ideia é criar um consórcio público para a construção e administração do aterro sanitário. Isso possibilitará a redução do impacto ambiental e dos custos de gerenciamento e transporte do lixo de Ubá que, atualmente, é enviado para Juiz de Fora consumindo quase R$ 5 milhões por ano do orçamento municipal.

O próximo passo será a realização de uma reunião com os prefeitos interessados em participar do consórcio para discutir a viabilização do projeto e os modelos de financiamento, implantação e operação do aterro sanitário.

Estima-se que o aterro sanitário seja instalado em terreno localizado na rodovia Ubá/Tocantins (próximo ao antigo lixão). A área escolhida atende aos critérios para instalação do aterro, já foi licenciada anteriormente e tem capacidade de receber cerca de 120 toneladas de lixo por dia durante 20 anos.

 

Aterro Sanitário

O aterro sanitário é um local no qual são despejados os resíduos sólidos descartados pelo homem. Nesse espaço, o lixo passa por um tratamento e posteriormente é coberto com camadas de areia a fim de evitar odores, incêndios e a proliferação dos animais transmissores de doenças.

A implementação desse sistema objetiva diminuir o impacto ambiental do lixo no mundo, sobretudo da contaminação do solo, água e ar, além de possibilitar a conversão dos gases produzidos em fontes de energias renováveis.



Matérias relacionadas

    Final do corpo do documento e conteúdo da página